segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Negócio agrícola baseado na confiança: loja sem vendedor.

São Paulo, Brasil, 23 de janeiro de 2017.

Fonte: reportagem do grupo G1 e veiculada na EPTV. LINK AQUI.

video

Seu "Zé" Cláudio, como é conhecido em Delfim Moreira (MG), é um ex-engenheiro que decidiu transformar-se em agricultor e comerciante de produtos agrícolas. Até aí, nada de extraordinário; a novidade é a forma como decidiu comercializar o que cultiva. Montou uma barraca onde coloca os produtos à venda "sem vendedor". Cada cliente pega aquilo que deseja e deixa o pagamento numa caixinha. Se necessitar, retira o seu troco, que fica à disposição.

Barraca do Seu "Zé" Cláudio, em Delfim Moreira
Toda a ideia por traz do negócio é baseada nos conceitos de confiança e honestidade. Na Barraca, o agricultor posicionou algumas placas, com orientações que traduzem e esclarecem sua proposta: "preciso vender"; "eu confio na sua honestidade"; "vamos mudar a imagem de que os brasileiros são desonestos" e "obrigado por ser honesto", são os dizeres de algumas delas.

Placas na barraca do seu "Zé" Cláudio
Nem a própria esposa do seu "Zé" Cláudio acreditava que proposta daria certo. A prática, no entanto, demonstrou que, sim, é possível confiar na honestidade das pessoas. Todo fim de tarde, o dinheiro da mercadoria vendida está lá na caixinha para provar.

Sem dúvida, estamos diante de uma proposta visionária e digna de um mundo mais equilibrado e feliz.